Abraçando histórias

No mês de julho, o Abraço Cultural São Paulo completa 5 anos, e o sucesso da nossa trajetória se deve totalmente a vocês que acreditam no nosso projeto, nos acompanham e nos apoiam em todos os momentos. Então, para comemorar todos esses anos que caminhamos juntos, a gente preparou um presente! O Abraçando Histórias é um projeto que busca mostrar quem são as pessoas que fazem o Abraço Cultural SP acontecer e o que elas têm para nos contar. E qual a melhor maneira de conhecer alguém, senão pela sua própria voz? Então, toda semana, um de nossos professores e professoras vai compartilhar com a gente uma história que traz boas lembranças e com a qual eles/elas identificam. Aqui no nosso blog vocês poderão assistir todos os vídeos e ler os depoimentos completos de cada um dos protagonistas dessa história!
Vem com a gente!

“Na verdade, o motivo que me trouxe para cá foi a minha mãe”

Shakiru Olawale

“Na verdade, o motivo que me trouxe para cá foi a minha mãe. Ela veio para cá e gostou bastante do país, mesmo já tendo visitado vários outros países, e me lembro que ela ficava me pedindo para vir para o Brasil:

— É um país muito bom, muito legal, você vai gostar – ela me disse.

— Tudo bem então, vamos nos ver – aceitei, depois de bastante tempo. 

Então fui no consulado, peguei meu visto – que no início era um visto de turismo – e vim para o Brasil. E o porque da minha mãe viajar bastante é que ela trabalha como revendedora, então compra coisas de outros países e leva para revender na Nigéria produtos que não encontramos lá. Ela já costumava vir para o Brasil desde 2005, se não me engano, mas eu pessoalmente só cheguei aqui em dezembro de 2014. 

Eu já fui para alguns outros países também, mas não tinha o Brasil na minha lista, vou ser sincero. Nunca na minha vida tinha imaginado que iria morar aqui, para falar a verdade. Pelo fato de na Nigéria se falar inglês, a gente costumava olhar para outras nacionalidades que falavam a mesma língua, como Austrália e Inglaterra. E até quando minha mãe me chamou para morar aqui eu não pensei que fosse morar mesmo, era mais um pensamento de ir conhecer e ver sobre o que ela estava falando. 

Mas eu cheguei aqui e toda minha ideia mudou. Eu tinha uma ideia de que o Brasil era só um país de Carnaval, de futebol, sabe? Cheguei no aeroporto bem ansioso de encontrar pessoas diferentes e fazer amizades. Lembro de ligar para meus amigos assim que cheguei e contar que estava tudo bem. Detalhe curioso, e que me lembro muito, é que cheguei na plataforma 13 no Aeroporto de Guarulhos. Imagina né? (risos). 

Eu posso falar que nasci na Nigéria mas cresci aqui. O Brasil mudou muitas coisas na minha vida: agora eu tenho dois filhos aqui, crescendo bem, por exemplo. O maior presente que o Brasil me trouxe foi a minha família e a possibilidade de realmente passar tempo com eles. Se Deus quiser eu posso ter mais um filho, ou mais dois, quem sabe (risos). Esse vai ser sempre o maior presente”.

Toda quarta-feira teremos um novo vídeo e uma nova história sobre as pessoas que fazem o Abraço Cultural SP acontecer!

Abrace você também essas histórias!

Bianca Silva, Coordenadora de Comunicação do Abraço SP