fbpx

tradições de fim de ano:

haiti

O Natal é uma festividade muito importante em muitos países, especificamente os países ditos cristãos. O Haiti não é uma exceção, pois é considerado um país cristão mesmo com a coexistência vodu-cristianismo. Essas festividades logicamente acontecem de uma forma diferente segundo as tradições de cada país. Em relação ao Haiti, podemos elaborar alguns pontos marcantes na festividade de Natal:

Natal e suas tradições:

No Haiti, este é um período durante o qual as pessoas saem bastante para passear ou para ir ver família e amigos. Assim, é bem comum que os haitianos e haitianas queiram comprar e usar vestimentas novas para esses encontros. As crianças também costumam ir na casa de família e parentes esperando receber um presente.


Em seguida, temos algumas características culinárias típicas do Natal. As pessoas procuram comer o que não costumam ou não conseguem comer no cotidiano. Na verdade, o prato típico da festividade seria uma seleção de diversos pratos, como “diri cole”, “banane pesée”, e “paté codé”. Nesses momentos, os haitianos adoram saborear o pastel criolo – paté codé – feito com carne bem temperada. As pessoas aproveitam também para beber muitas bebidas alcoólicas, principalmente a bebida típica kremas e uma cerveja nobre haitiana, a Prestige. Diferentemente do Brasil, não há o costume de reunir toda família para comer juntos.


Nessa época do ano também costumam acontecer os concursos de canções de Natal. Portanto, é bem comum tocar as músicas das edições anteriores nas estações de rádio ao longo do dia. Também existem muitos preparativos, quase rituais, como a limpeza completa da casa (interior e exterior) e também aguardar os presentes que o Papai Noel trará – comumente chamado de “tonton Noel”. É muito comum ensinarem poemas e canções para as crianças com a finalidade de cantar em família durante a missa do dia 25 de dezembro. As pessoas também queimam muitos fogos de artifício durante a noite.


O Natal no Haiti, é um dos eventos do ano que reúnem todo o povo. Alguns aproveitam para manifestar suas tradições religiosas, outros aproveitam para se divertir e outros procuram esquecer os problemas enfrentados durante o ano.
Logo depois do natal, vem o fim do ano, ou seja, o dia 31 de dezembro. As festividades realizados no Natal continuam mas com ênfase na virada do ano. A descrições feitas sobre o Natal são parecidas com aquelas do fim do ano, com a grande diferença de que no lugar dos presentes acontecem as trocas de palavras de desejos para o próximo ano. Assim, para a virada do ano, as pessoas costumam tomar banho com folhas (plantas) para tirar as más vibrações do ano anterior e se preparar melhor para um bom recebimento do ano que vem.


As famílias costumam preparar a tradicional sopa de abóbora, que leva muitos ingredientes como carne, legumes e verduras, para comemorar o dia 1º de janeiro, a data oficial da celebração da Independência do Haiti. Na tal data em 1804, os haitianos, estão livres, tomaram sopas em sinal de liberdade. Portanto, a tradição continuou até hoje e essas famílias têm o prazer de servir o prato não somente para a própria família mas também para a vizinhança e inclusive eventuais visitantes.

Agradecimentos especiais ao professor Bernadin Pinquière, do Abraço RJ, pelas valiosas informações sobre o Haiti!

Gostou? Compartilhe com os amigos e, claro, continue nos acompanhando para descobrir novas referências culturais! 😉

Fique ligado, as inscrições para os cursos intensivos de janeiro já estão abertas!

Roberta ama café com leite, cactos e gatos. É formada em Relações Internacionais pela UFRJ e teve seu percurso profissional marcado, desde cedo, pelas áreas da comunicação e do ensino de idiomas. Hoje, desempenha a função de coordenadora de comunicação e de cultura, e espera que seu trabalho possa impactar positivamente a vida de muitas pessoas.

Roberta Sousa, Coordenadora de Comunicação do Abraço RJ
2019-05-07T17:36:54+00:00