fbpx

salas de aula sp:

conheça as inspirações das nossas salas

SALA MACONDO

Macondo é uma cidade fictícia descrita em alguns romances de Gabriel García Márquez e que serve de palco para as aventuras descritas na obra “Cem anos de solidão”, ganhadora do Prêmio Nobel de Literatura em 1982. Segundo a etimologia popular, Macondo é um termo de origem bantu para designar “banana”.
Ainda que esta pequena aldeia de vinte casas de barro e taquara esteja “à margem de um rio de águas diáfanas que se precipitavam por um leito de pedras polidas, brancas e enormes como ovos pré-históricos”, Macondo pode ser facilmente encontrada através das rotas do imaginário de cada leitor/a que viaja pelo universo fantástico de García Márquez.

SALA timbuktu

Fundado no século V e localizado na entrada do deserto do Saara, Timbuktu foi um importante centro intelectual e espiritual para a propagação do Islã em toda a África nos séculos XV e XVI. É ali que se encontra a Universidade Corânica de Sankoré, possivelmente, a primeira universidade do mundo, fundada no século XII.
As três grandes mesquitas de Djingareyber, Sankoré e Sidi Yahia, os dezesseis mausoléus e os locais públicos sagrados, ainda testemunham o passado de ouro desse lugar. Atualmente, estima-se que em Timbuktu ainda existam cerca de 700.000 livros sobre medicina, matemática, direito, astronomia e poesia que sobreviveram aos ataques de invasores e ao tempo.

SALA WaKANDA

Wakanda é um país imaginário localizado na África Equatorial, detentor do metal fictício mais precioso dos quadrinhos, o vibranium. É a nação mais avançada do mundo, tanto social quanto tecnologicamente, e o lar do super-herói Pantera Negra. Wakanda é uma utopia afrofuturista onde tecnologia avançada e tradições se convergem. Criada por Stan Lee e Jack Kirby, surgiu pela primeira vez em julho de 1966. Wakanda é uma fantasia. Wakanda é uma utopia. Um paraíso tecnológico e em paz!

SALA shaam

O significado da palavra “Shaam” costuma ter algumas variações: pode ser atribuído à Síria ou a sua capital Damasco. É também referido à Al-Shaam, o reino de Shaam e a Grande Síria, que antigamente abrangia o território sírio, parte do atual Líbano, Jordânia, Palestina e parte da Península Arábica.
Há diferentes interpretações para a origem da palavra “Shaam”. Em algumas regiões do Oriente Médio acreditam que ela se origina de “Shams”, a palavra árabe para “sol”. O significado comumente difundido é o da “mão esquerda”. Isso nos leva a uma curiosidade interessante: se você estiver em Meca (na Arábia Saudita) de frente para o leste, a terra à sua esquerda será “Bilad al-Sham” e à sua direita estará a “Bilad al-Yamin”, da qual provém o nome da nação do Iêmen.
Atualmente, a palavra Shaam é escolhida para designar a cidade de Damasco “دمشق”, capital da Síria, também chamada de “a cidade de jasmim” por causa da flor que nasce e cresce por si só, deixando seu aroma pelas ruas da cidade.

SALA pangeia

Pangeia é o nome dado, segundo a teoria da deriva continental, ao supercontinente que existiu há cerca de 200 e 540 milhões de anos. Remete à união de todos os continentes e nasce dos termos pan (do grego = todo, inteiro) e gea (ou Geia/Gaia, nome da Titã grega que personificava a terra com todos os seus elementos). A imagem que Pangeia recria é a de união de todos os povos. Uma utopia que se personifica dentro do Abraço Cultural.

2020-01-13T17:37:05-03:00