Dia da Não Violência

O Dia da Não Violência foi promulgado pela ONU em homenagem ao ativista político e líder pacifista Mahatma Gandhi que foi assassinado nessa mesma data, em 1948. Essa data foi criada com o intuito de promover a paz e a solidariedade e também para rejeitar completamente o uso da violência para obtenção de objetivos sociais e políticos, admitindo a prática da mediação pacífica perante os conflitos.
Mohandas Karamchand Gandhi, mais conhecido como Mahatma, (ou grande alma, em sânscrito), nasceu na índia no dia 2 de outubro de 1869 e ficou mundialmente conhecido por realizar protestos contra as mazelas da sociedade negando completamente o uso da violência. Em 1888, Gandhi partiu para Londres para estudar direito. Após a conclusão de seus estudos ele se muda para a África do Sul para exercer a profissão de advogado e se torna um ativista em prol dos indianos contra a discriminação racial.
Em 1915, Gandhi retorna para a Índia e se posiciona a favor da independência indiana contra a colonização britânica. Seguindo seu ideal de não violência, a luta de Gandhi foi pautada por manifestações pacíficas incluindo marchas, jejuns e greves de fome sempre se utilizando de diálogos, não cooperação com o regime vigente e desobediência perante às leis injustas. Gandhi também lutou para amenizar os conflitos entre hindus e muçulmanos, mas foi assassinado em 1948 por um radical hindu.
Gandhi foi um grande homem, mas os seus ideais são maiores que ele porque, com certeza, são importantes e devem ser lembrados até os dias de hoje. Essa data é um lembrete de que é possível se posicionar e lutar contra as injustiças sociais sem a utilização da violência e pregar a paz e o respeito pelo próximo acima de tudo.

Dia da Saudade

Saudade é um sentimento que todo ser humano já sentiu, ao menos uma vez. Ela vem acompanhada de uma nostalgia que enche o coração de felicidade e mesmo que diversas vezes a saudade seja acompanhada de melancolia e tristeza por estar ligada a algo ou alguém que está fora do alcance, é algo que traz a memória experiências que foram marcantes e prazerosas. A saudade faz parte da vida. É algo inevitável. É também algo lindo porque torna a vida mais gostosa.
Esse dia é dedicado à lembrança das coisas, das experiências, das pessoas e de tudo o que já passou pela nossa vida e deixou uma marca significativa.

Quer falar com o mundo e descobrir novas referências culturais? As inscrições para os cursos regulares de março já estão abertas!

Maiara Molinas e Talita, Voluntárias de Comunicação do Abraço
2019-01-29T16:06:26+00:00